Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Programa de Mamografia Móvel é solicitado para Bertioga

Programa de Mamografia Móvel é solicitado para Bertioga

por imprensa — última modificação 08/12/2015 09h13
Preocupado com a questão do atendimento de saúde feminina em Bertioga, o presidente do Legislativo, Luís Henrique Capellini, apresentou indicação nesta terça, dia 23, para que a cidade possa receber uma unidade do “Programa de Mamografia Móvel”, do Governo Federal, que está em atividade em alguns estados desde 2012. A intenção é que a prefeitura possa firmar parceria para trazer ao município esse serviço.

O vereador Capellini destacou em seu trabalho que milhares de mulheres deixam de cuidar da saúde, com exames preventivos regulares importantíssimos como mamografia e papanicolau, por conta do procedimento para marcar uma consulta, o tempo de espera e o local onde são realizados esses exames.

Eles destacou que, em Bertioga, os exames de mamografia são feitos por meio de uma clínica conveniada com a prefeitura e no AME de Santos, sendo que o período de espera para esse tipo de atendimento geralmente excede um mês. Ou seja, a paciente precisa esperar semanas ou meses para realizar o exame e, em muitos casos, ainda se locomover até Santos para realizar esse procedimento. Aqui, conta também o tempo de espera para ser atendida pelo médico ginecologista do município que indica esses exames de diagnóstico e prevenção.

“Considerando a rotina diária da maioria das mulheres da nossa cidade, que concilia o trabalho fora de casa, com os cuidados com os filhos, marido e mesmo a vida doméstica, é fácil entender porque tantas protelam a ida ao médico. São comuns casos de diagnósticos tardios, em fases avançadas de câncer de mama ou de colo do útero, simplesmente porque o acesso ao exame não é um procedimento fácil e descomplicado”, avaliou o presidente da Câmara.

O programa prioriza exatamente as cidades onde as mulheres têm mais dificuldade de fazer os exames. A unidade móvel tem o objetivo de melhorar o acesso a exames que as mulheres precisam fazer. Cada unidade deve ter obrigatoriamente um técnico em radiologia e ser equipada com pelo menos um mamógrafo entre as opções: mamógrafo com comando simples, mamógrafo com estereotaxia e mamógrafo computadorizado.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Bertioga - 26/09/2014

Banners

 

Mídias Sociais

   YoutubeFlickr

Audiências Públicas

Regularização Fundiária - 23/06/17

Segurança Pública - 30/06/17

 

  Ambulantes - 25/10/2017
Outros vídeos
Pesquisar no LexML
Logotipo do LexML - Rede de informação legislativa e jurídica