Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Vereadores intervêm para solucionar problemas no transporte universitário da Aetub

Vereadores intervêm para solucionar problemas no transporte universitário da Aetub

por imprensa — última modificação 08/12/2015 09h15
Após participação massiva dos associados da Aetub (Associação de Estudantes Técnicos e Universitários de Bertioga) na sessão da Câmara da última terça, dia 04, os vereadores conversaram com os estudantes ao fim dos trabalhos no plenário, para ouvir suas reivindicações e, por fim, marcaram uma reunião com o Chefe do Executivo para buscarem soluções para os problemas enfrentados pela entidade.

Já no dia seguinte, os parlamentares se reuniram com alguns representantes da Aetub e com o prefeito, para apresentação dos dados da direção da entidade estudantil, que tem como principal objetivo o aumento do repasse municipal para ampliar o número de vagas para o transporte universitário. O presidente da Câmara, Luis Henrique Capellini, iniciou a conversa pedindo os dados do financeiro da associação.

Todos os vereadores participaram do encontro: Luís Henrique Capellini, Toninho Rodrigues, Beth Consolo, Valéria Bento, José Feliciano Irmão, Edvaldo Alecrim Silva, Marcia Bráz Lia e Luiz Carlos Pacífico Júnior.

Com 42% de taxa de inadimplência e 445 associados, a Aetub enfrenta dificuldades para atender os quase 200 estudantes que estão na lista de espera por uma vaga nos ônibus que vão para Santos, Guarujá e Mogi das Cruzes. A entidade quer um aumento de 40% no repasse da prefeitura para sanar essa pendência.

“É fundamental que a Aetub faça reformulações na sua estrutura, organização financeira e estudo de demandas futuras, porque somente o aumento do repasse não irá solucionar em longo prazo os problemas”, afirmou o vereador Capellini. Já o parlamentar Pacífico destacou que o importante é que o aumento atenda realmente a todas as pessoas que estão na lista de espera.

Também presente ao encontro, o vereador Toninho Rodrigues pediu a síntese dos principais pontos a serem resolvidos no curto e médio prazo, para que os alunos não sejam prejudicados com o crescimento da demanda no município.

Com as conversações que resultaram num acordo que resolve o problema do transporte pelos próximos seis meses, os vereadores puderam comemorar o bom andamento do diálogo promovido entre todas as partes.

 

Acordo

 Por fim, o prefeito propôs que a prefeitura assuma metade do valor necessário, durante os próximos seis meses, para extinguir a lista de espera. Hoje, a prefeitura subsidia anualmente a Aetub com R$ 1,1 milhão, sendo que, com o aumento, serão mais R$ 22 mil por mês. O restante do valor deverá ser absorvido pelas mensalidades dos associados.

 Até o ano passado, o valor era utilizado para a contratação de 10 ônibus. O recurso pleiteado pela entidade será destinado para a contratação de mais três veículos de transporte de passageiros, o que deverá atender a demanda dos estudantes técnicos e universitários de Bertioga.

 O prazo estipulado durante o encontro (seis meses) é o tempo que o Chefe do Executivo e os vereadores acreditam necessário para que a comissão da Aetub possa pensar e elaborar uma solução conjunta, com objetivo de equalizar as contas da entidade, de acordo com seus recursos financeiros, sem prejuízo dos serviços prestados aos estudantes.

 Entre as providências que ficaram a cargo da comissão está: revisão do estatuto da entidade; rever a cobrança do rateio do associado (revisão de cobrança dos inadimplentes) e a comissão deverá elaborar o estudo para equalizar os problemas em seis meses.

 Caso a entidade não tome as medidas acordadas dentro do prazo estipulado, a prefeitura, os vereadores e a diretoria da Aetub retornam a se reunir para rever o acordo dessa semana.

 

Banners

 

Mídias Sociais

   YoutubeFlickr

Audiências Públicas

Regularização Fundiária - 23/06/17

Segurança Pública - 30/06/17

 

  Ambulantes - 25/10/2017
Outros vídeos
Pesquisar no LexML
Logotipo do LexML - Rede de informação legislativa e jurídica