Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Campanha para evitar uso de cerol pelos adeptos do 'pipa’ é requerida por vereador

Campanha para evitar uso de cerol pelos adeptos do 'pipa’ é requerida por vereador

por imprensa — última modificação 08/12/2015 09h12
Proteger crianças e jovens que praticam a atividade de “soltar pipa” dos riscos da utilização do cerol é a intenção da campanha sugerida pelo vereador Pacífico Júnior na sessão desta semana, no dia 22. O tema do programa proposto pelo parlamentar é “Sou legal, não solto pipa com cerol”, que tem o objetivo de dar informações aos praticantes sobre os locais seguros para esta prática, bem como dos perigos da utilização de produto cortante nas linhas das pipas.

 “Bertioga é uma cidade propícia para este tipo de exercício. Vemos todos os dias, tanto crianças como adultos ‘empinando’ pipas. É uma atividade prazerosa e não precisa ser proibida, no entanto, é necessário conscientizar a sociedade para a forma adequada de soltar pipa e evitar sérios riscos à vida de motociclistas, ciclistas, pedestres e também das pessoas que estão realizando a atividade, que é inadequada para áreas com fiação elétrica e de tráfego”, explicou o vereador Pacífico.

De acordo com o trabalho apresentado pelo vereador, no Brasil, são mais de 100 casos por ano de acidentes de trânsito envolvendo linhas cortantes e motociclistas, sendo 50% dos casos graves e 25% fatais. Ainda, segundo dados do site “Cerol Não”, atualmente são mais de 500 casos por ano ocasionados pela pratica de “soltar pipas” com cerol.

O vereador também explicou na sua indicação, que esse projeto foi idealizado na cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais, no período do ano de ventos mais fortes e de férias escolares: nos meses de julho e agosto. Este município teve queda no número de acidentes envolvendo cerol.

“Nossa intenção é exatamente essa: evitar esse tipo de acidente em Bertioga. Para isso, vamos levar esse projeto para diversos locais, como as escolas e comércios, com palestras, além de blitz educativas, com distribuição gratuita de cartilhas informativas e antenas corta-linhas. Esse processo ocorrerá com a participação dos agentes de trânsito e da polícia militar, que são importantes fontes de informação para proteção à vida”, destacou Pacífico.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Bertioga

Banners

 

Mídias Sociais

   YoutubeFlickr

Audiências Públicas

Regularização Fundiária - 23/06/17

Segurança Pública - 30/06/17

 

  Ambulantes - 25/10/2017
Outros vídeos
Pesquisar no LexML
Logotipo do LexML - Rede de informação legislativa e jurídica